Videogame para TDAH

Na segunda-feira, a FDA, a agência americana que regula medicamentos, autorizou pela primeira vez o uso de um jogo de videogame como uma forma de tratamento para crianças com Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade

               
688

Sei que só se fala de covid-19 nos últimos tempos, mas hoje queria trazer uma notícia diferente aqui. Na segunda-feira, a FDA, a agência americana que regula medicamentos, autorizou pela primeira vez o uso de um jogo de videogame como uma forma de tratamento para crianças com Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade, o famoso TDAH.⁣

O jogo, chamado EndeavorRx, poderá ser prescrito por médicos para crianças com idades entre 8 e 12 anos com TDAH. A autorização só ocorreu após 7 anos de pesquisas realizadas com mais de 600 crianças. Segundo a fabricante, um terço das crianças tiveram melhora dos sinais de atenção, depois de brincar por 25 minutos por dia, cinco dias por semana.⁣

A empresa Akili afirma que o jogo pode ativar e fortalecer certas redes neurais no cérebro. É importante lembrar que: o jogo é uma estratégia adicional e pode ser prescrito nos EUA como parte de um programa terapêutico mais amplo que também inclui terapia e uso medicamentos.⁣

Crianças com TDAH podem ter dificuldade em manter o foco e prestar atenção, além de dificuldade em controlar o comportamento. Há algum tempo os jogos têm sido pesquisados por cientistas como estratégia para algumas condições de saúde. Pode ser que um dia eles sejam úteis como tratamento, assim como um remédio. Por outro lado, há o risco de uso abusivo. Para lembrar: em 2018, a OMS passou a considerar o “vício em games” como uma doença mental. ⁣

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui