Telemedicina: nova resolução do CFM deve sair até novembro

Em março, o CFM reconheceu a possibilidade da prática ser adotada no país, em caráter excepcional, devido à pandemia de coronavírus

318

O Conselho Federal de Medicina está revisando a prática de telemedicina no país. A previsão é de que uma nova resolução sobre o tema seja publicada até novembro.

Em março, o CFM reconheceu a possibilidade da prática ser adotada no país, em caráter excepcional, devido à pandemia de coronavírus. Na época, a entidade afirmou a autorização tinha por objetivo proteger tanto a saúde dos médicos como a dos pacientes. 

Agora, uma comissão especial do CFM, está revisando a autorização e apresentará uma minuta da resolução para ser discutida entre os conselheiros. De acordo o CFM, “a proposta é que se tenha uma norma ética, técnica e segura para a prática de telemedicina no Brasil”. Ao todo, a comissão recebeu mais de 2.000 propostas sobre o tema enviadas por médicos do serviço público, privado e entidades do setor.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui