Tabagismo: como um dispositivo digital pode ajudar fumantes a largar o cigarro

A partir de injeções de pequenas quantidades de nicotina, a Chrono Therapeutics está desenvolvendo um novo método que pretende aliar tecnologia à ciência para ajudar no combate ao tabagismo

15

Um novo método que alia tecnologia à ciência pode ser uma estratégia eficiente para o combate ao tabagismo. A empresa Chrono Therapeutics levantou 32 milhões de dólares para criar o SmartStop, um dispositivo digital similar a um relógio de pulso, capaz de injetar uma pequena quantidade de nicotina na corrente sanguínea em intervalos regulares, ajudando o usuário a controlar a vontade de fumar.

A solução inovadora recebeu investimento de empresas como Canaan Partners, 5AM Ventures, Fountain Healthcare Partners, Mayo Clinic e GE Ventures.

Segundo dados de 2019 da pesquisa Vigitel, a Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico, o Brasil possui cerca de 9,8% de pessoas com mais de 18 anos que são fumantes. Durante a pandemia, o fumo se tornou ainda mais frequente, segundo pesquisa da FioCruz. A informação coletada no primeiro semestre de 2020 indica que 30% dos homens e 38% das mulheres passaram a fumar mais de 10 cigarros por dia.

Embora o tabagismo tenha registrado queda ao longo das últimas décadas, o combate ao fumo continua sendo um desafio de saúde pública. Nesse contexto, a tecnologia em desenvolvimento pela Chrono Therapeutics pode ser uma alternativa para quem precisa de auxílio para parar de fumar.

O dispositivo será similar aos adesivos antifumo, mas permitirá um controle mais preciso por indicar o momento exato em que a nicotina deve ser aplicada.

Além disso, outros recursos estão inclusos, como a dosagem personalizada que se baseia no ciclo do sono, hábitos alimentares e a compreensão dos padrões de desejos do indivíduo.

O aparelho funciona via Bluetooth, oferece suporte de comportamento digital e entrega resultados de forma automática.

Os fundos adquiridos devem ajudar a concluir o desenvolvimento do produto e a realizar estudos clínicos, que demonstrem qual a eficácia do dispositivo.

O tabagismo e outras alternativas

Enquanto a tecnologia da Chronos se desenvolve, outros tratamentos podem ajudar a controlar o tabagismo. Para o tratamento da dependência é comum unir o uso de medicamentos com terapia ou aconselhamento, seja em grupo ou individual.

Outro ponto a ser considerado é que o indivíduo nesta condição pode optar por tentar parar de uma vez ou gradualmente. Por ser uma dependência física e psicológica, é comum que aqueles com um vício mais forte tentem diminuir gradualmente a quantidade de cigarros por dia.

Adesivos, chicletes, pastilhas ou medicamentos podem ser utlizados como parte do tratamento para controlar a vontade de fumar e a abstinência. A recomendação é passar por avaliação médica, para que seja estabelecida uma estratégia mais eficaz para cada paciente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui