Ministra confirma que Sônia Barros aceitou convite para assumir diretoria de saúde mental

Ministra confirma que Sônia Barros aceitou convite para assumir diretoria de saúde mental

A ministra da Saúde Nísia Trindade confirmou que a professora […]

By Published On: 16/02/2023

Prof. Dra. Sonia Barros, em publicação na página da Escola de Enfermagem da USP no Facebook.

A ministra da Saúde Nísia Trindade confirmou que a professora Sônia Barros, ligada à USP, aceitou o convite para assumir a diretoria do Departamento de Saúde Mental e Enfrentamento do Uso Abusivo de Álcool e Outras Drogas. A informação foi passada pela própria chefe da pasta na quinta-feira, 16, durante a 2ª Reunião Ordinária da Comissão Intergestores Tripartite, transmitida ao vivo no YouTube do Datasus. A nomeação deve ser oficializada nos próximos dias no Diário Oficial da União.

“Em relação à saúde mental, a Política Nacional de Saúde Mental é de responsabilidade do Ministério da Saúde. Qualquer ação existente em outra pasta vai ser feita de forma coordenada. […] Como vocês sabem, criamos o departamento de saúde mental e estamos felizes que a Profa. Sônia Barros, da USP, aceitou nosso convite e, em breve, esperamos ter essa nomeação, que vai ser uma grande contribuição para avançarmos nessa política”, declarou a ministra na reunião.

De acordo com informações de seu currículo Lattes, Sônia Barros possui graduação em Enfermagem de Saúde Pública pela Universidade Federal da Bahia (1973), mestrado em Enfermagem Psiquiátrica pela Universidade de São Paulo (1982) e doutorado em Enfermagem pela Universidade de São Paulo (1996). Ela tem experiência em Enfermagem com ênfase em Saúde Mental, foi Conselheira Fiscal da Associação Brasileira de Saúde Mental, Membro da Diretoria do Capitulo Brasileiro da Associação Mundial para a Reabilitação Psicossocial e Coordenou o Censo Psicossocial dos Hospitais Psiquiátricos do Estado de SP com o recorte racial. Atualmente, é professora no Instituto de Estudos Avançados (IEA) da USP, coordena o grupo de pesquisa Enfermagem e Políticas e Práticas de Saúde Mental e o Departamento de Enfermagem Psiquiátrica e Saúde Mental da Associação Brasileira de Enfermagem (DEPSM /ABEn).

Ela também coordena o Grupo de Pesquisa Interdisciplinar em Políticas Públicas de Saúde Mental (GPIPPSAM), do IEA, que possui como maior objetivo a formulação de projetos com envolvimento político e científico que visem a promoção da dignidade de pessoas que são usuárias de drogas ou possuem problemas ligados a saúde mental.

Em novembro de 2022, Sônia Barros recebeu o prêmio “Nise da Silveira de Boas Práticas e Inclusão em Saúde Mental” da Câmara dos Deputados. O reconhecimento busca incentivar pessoas e instituições que colaboram com políticas de cuidado fundamentadas no respeito integral àqueles em situação de sofrimento psíquico e vulnerabilidade, contribuindo com a humanização dos tratamentos psiquiátricos no país.

Prof. Dra. Sônia Barros, ao centro, recebe prêmio Nise da Silveira da Câmara dos Deputados em 2022. Imagem: YouTube da Câmara dos Deputados.

Redação

Equipe de jornalistas da redação do Futuro da Saúde.

About the Author: Redação

Equipe de jornalistas da redação do Futuro da Saúde.

Leave A Comment

Recebar nossa Newsletter

NATALIA CUMINALE

Sou apaixonada por saúde e por todo o universo que cerca esse tema -- as histórias de pacientes, as descobertas científicas, os desafios para que o acesso à saúde seja possível e sustentável. Ao longo da minha carreira, me especializei em transformar a informação científica em algo acessível para todos. Busco tendências todos os dias -- em cursos internacionais, conversas com especialistas e na vida cotidiana. No Futuro da Saúde, trazemos essas análises e informações aqui no site, na newsletter, com uma curadoria semanal, no podcast, nas nossas redes sociais e com conteúdos no YouTube.

Artigos Relacionados

Redação

Equipe de jornalistas da redação do Futuro da Saúde.