Nanomedicina contra o câncer: nanocápsulas e doses reduzidas para otimizar tratamentos

Nanomedicina contra o câncer: nanocápsulas e doses reduzidas para otimizar tratamentos

Na nanomedicina, a busca por soluções de saúde acontece em […]

By Published On: 21/03/2022

Na nanomedicina, a busca por soluções de saúde acontece em escala de nanômetros. Isso quer dizer que os recursos desenvolvidos são capazes de atingir regiões específicas do organismo. Recentemente, dois estudos apresentaram soluções que utilizam esse tipo de tecnologia para o combate ao câncer.

O primeiro é a apresentação do método de nanocápsulas, que podem oferecer uma nova solução para terapia quimiodinâmica contra o câncer. Realizado no Instituo Hefei de Ciências Físicas, da Academia Chinesa de Ciências, o estudo foi publicado no periódico Small.

Nesta pesquisa, as nanocápsulas são nanopartículas de estrutura núcleo-casca, que se formam através de camadas finas de carbono e outros componentes. Com essa tecnologia, os cientistas avaliaram por experimentos em tubo de ensaio e animais que esse método pode ser um excelente antitumoral, além de não causar toxicidade sistêmica.

Nanomedicamentos e terapia metronômica

O segundo estudo é do Hospital Geral de Massachusetts, nos Estados Unidos, que pesquisou uma estratégia para tornar tumores mais vulneráveis ​​a terapias anticâncer. Trata-se do uso de doses mais baixas e mais frequentes de nanomedicamentos, uma técnica também chamada de terapia metronômica.

Publicada no Journal of Controlled Release, a pesquisa indica que a terapia metronômica parece ajudar a normalizar o microambiente do tumor – ou seja, ajuda a corrigir algumas anormalidades que se desenvolvem em torno de tumores e que protegem o tumor, além de promover o crescimento e disseminação dele.

Dessa forma, enquanto os tumores podem enviar sinais que comprometem o fluxo sanguíneo normal e bloqueiam as respostas das células imunes, a terapia metronômica parece melhorar a função dos vasos sanguíneos e a ativação do sistema imune dentro de um tumor. Logo, os cientistas concluíram que a combinação de nanomedicamentos com a solução metronômica pode ajudar no funcionamento do sistema imune contra tumores difíceis de tratar. 

Redação

Equipe de jornalistas da redação do Futuro da Saúde.

About the Author: Redação

Equipe de jornalistas da redação do Futuro da Saúde.

Leave A Comment

Recebar nossa Newsletter

NATALIA CUMINALE

Sou apaixonada por saúde e por todo o universo que cerca esse tema -- as histórias de pacientes, as descobertas científicas, os desafios para que o acesso à saúde seja possível e sustentável. Ao longo da minha carreira, me especializei em transformar a informação científica em algo acessível para todos. Busco tendências todos os dias -- em cursos internacionais, conversas com especialistas e na vida cotidiana. No Futuro da Saúde, trazemos essas análises e informações aqui no site, na newsletter, com uma curadoria semanal, no podcast, nas nossas redes sociais e com conteúdos no YouTube.

Artigos Relacionados

  • Isabelle Manzini

    Graduada em jornalismo pela Faculdade Paulus de Tecnologia e Comunicação. Atuou como jornalista na Band, RedeTV!, Portal Drauzio Varella e faz parte do time do Futuro da Saúde desde julho de 2023.

  • Fernando Maluf

    Diretor Associado do Centro Oncológico da Beneficência Portuguesa de São Paulo, membro do Comitê Gestor do Centro de Oncologia do Hospital Israelita Albert Einstein e fundador do Instituto Vencer o Câncer. É formado em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, onde hoje é Livre Docente. Possui Doutorado em Ciências pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP) e especialização no Programa de Treinamento da Medical Oncology/Memorial Sloan-Kettering Cancer Center, em New York.

  • Natalia Cuminale

    Sou apaixonada por saúde e por todo o universo que cerca esse tema -- as histórias de pacientes, as descobertas científicas, os desafios para que o acesso à saúde seja possível e sustentável. Ao longo da minha carreira, me especializei em transformar a informação científica em algo acessível para todos. Busco tendências todos os dias -- em cursos internacionais, conversas com especialistas e na vida cotidiana. No Futuro da Saúde, trazemos essas análises e informações aqui no site, com as reportagens, na newsletter, com uma curadoria semanal, e nas nossas redes sociais, com conteúdos no YouTube.

Redação

Equipe de jornalistas da redação do Futuro da Saúde.