Home Inovação Investimento em pesquisas sobre o câncer diminui durante a pandemia

Investimento em pesquisas sobre o câncer diminui durante a pandemia

Instituto Nacional de Pesquisa sobre o Câncer do Reino Unido aponta, pela primeira vez, diminuição de 9% no financiamento desse tipo de estudo

               
207

A pandemia impactou diretamente várias áreas da saúde, entre elas a pesquisa. De acordo com novo levantamento do National Cancer Research Institute (NCRI), no Reino Unido, os investimentos em estudos relacionados ao câncer tiveram redução pela primeira vez na história. Segundo os dados, a diminuição foi de 9% nos anos de 2020/2021 em comparação com o biênio anterior. Na prática, essa redução impacta diretamente na vida útil de novos projetos. Segundo o NCRI, “esse declínio no financiamento afetará significativamente a capacidade de melhorar os resultados para as pessoas afetadas pelo câncer”.

Iain Frame, médico e CEO do NCRI, explicou que “embora uma redução de 9% no valor gasto em pesquisa do câncer seja alarmante, estamos preocupados que isso não reflita o impacto total da pandemia de Covid-19. Isso ocorre porque vários parceiros do NCRI tomaram decisões difíceis durante a pandemia para manter seus compromissos de financiamento de pesquisa, incluindo afastar prioridades de outras áreas e fazer redundâncias”.

O futuro da pesquisa sobre o câncer

Os dados atuais indicam que alguns tipos específicos de câncer sofreram com mais reduções de investimentos do que outros. Entre os exemplos estão o câncer de bexiga, neuroblastoma e câncer de intestino delgado. Por outro lado, os cânceres de mama, colorretal, de pulmão, próstata e pâncreas seguem como as neoplasias que mais recebem financiamentos.

Para Chris MacDonald, médico e chefe de pesquisa do NCRI Partner Pancreatic Cancer UK, “com a pandemia, fomos forçados a contemplar o impensável – não poder financiar nenhuma pesquisa sobre o câncer comum mais mortal por muitos anos”, disse, referindo-se ao câncer de pâncreas.

Por outro lado, MacDonald explica que os desafios financeiros ajudaram a pensar com mais clareza sobre onde devem continuar a investir: “Conseguimos continuar investindo estrategicamente em projetos inovadores e antecipar nosso apoio aos cientistas em início de carreira. Em tempos financeiros tão incertos, esses professores, que são vitais para o futuro, podem ter que abandonar suas carreiras antes que ajudem a fazer os avanços que salvam vidas”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui