ESG começa a ser incorporado de forma prática e integrada na formação de profissionais de saúde

ESG começa a ser incorporado de forma prática e integrada na formação de profissionais de saúde

Os impactos negativos das mudanças climáticas têm sido motivo de […]

Conteúdo oferecido por

By Published On: 11/01/2023

Os impactos negativos das mudanças climáticas têm sido motivo de preocupações e de alerta no setor da saúde nas duas pontas: tanto no sentido de cuidar das próprias emissões como para antecipar os efeitos que elas trarão para o sistema. Para se preparar para esse cenário, a formação de profissionais de saúde precisa incorporar de forma mais intensa e integrada a mentalidade representada pela sigla ESG – ou ASG, em português, que significa ambiental, social e governança.

Isso vale tanto para quem está iniciando sua jornada de educação como para treinamentos e especializações destinados a quem já atua no mercado. Mas não adianta apenas incluir uma disciplina chamada ‘ESG’ nos cursos. É preciso ter consistência, olhar criterioso e integração prática para convencer os futuros profissionais de saúde de que esse é um tema importante e que vai fazer parte da carreira.

O desafio, porém, é sair do aspecto puramente conceitual e aplicá-los na prática. Na visão de Simone Azevedo, diretora de Desenvolvimento e Educação Corporativa do Einstein, essa aproximação entre teoria e prática é facilitada quando a própria instituição tem o ESG como prioridade em suas ações:

“O Einstein, por exemplo, já tem essa responsabilidade ancorada em sua tradição e olha para todo o ecossistema de saúde e pessoas nele envolvidas, como pacientes, alunos, fornecedores e colaboradores, orientando todos os seus projetos com esse foco. A parte do ensino, então, não poderia ser diferente”.

Para ela, “precisa haver uma coerência entre discurso e ação. Como exemplo, podemos observar o currículo das graduações do Ensino Einstein, nos quais todas as práticas já são aplicadas no contexto da saúde pública, incluindo aspectos sociais e de equidade. O fato de a instituição ter como missão e premissas englobar todos estes campos, permite uma demonstração prática e realista para os envolvidos.”

ESG na formação de profissionais de saúde

O Einstein já possui iniciativas educativas focadas em governança, como o Programa de Formação da Governança, aplicado em instituições de saúde públicas e privadas. Em 2023, a organização dará início a mais uma especialização, a Governança, Ética e Compliance na Saúde, que será voltada para quem atua ou pretende atuar na gestão de instituições de saúde que queiram ampliar os conhecimentos nos processos relacionados à gestão da conformidade.

Apesar de o curso ser especificamente voltado a alguns aspectos ESG, o tema não é novidade no Ensino Einstein. Cursos de graduação, pós-graduação e MBA da instituição já abordam o assunto e, ainda mais importante, com os exemplos práticos já contemplados no currículo.

Simone ressalta, ainda, que a política adotada pelo Einstein, já incorporada em sua cultura e missão desde a sua concepção e sustentada pelo conselho, tem ainda como base as cinco metas estabelecidas pelo Institute for Healthcare Improvement (IHI), que visam a melhorar o atendimento e o acesso à saúde em todo o mundo. Por isso, mais do que só ensinar, a instituição busca ser exemplo e influenciar para gerar mudanças.

Esses aspectos são trabalhados em diferentes gerações: dos funcionários novatos aos veteranos da casa, às pessoas que participam das iniciativas junto à comunidade de Paraisópolis, segunda maior comunidade de São Paulo, onde o Einstein atua com programas e projetos de responsabilidade social e ensino.

“O tema é relevante para os dias atuais e para o futuro. Envolver e influenciar sua importância e impacto é responsabilidade de todos. As organizações de ensino, por sua vez, possuem um papel fundamental na educação e fomento de forma contextual e prática, gerando novos conhecimentos, modelos práticos e projetos que colaborem para os objetivos acerca do tema.  E isto será possível com a ampla conscientização, envolvimento e apropriação por cada pessoa nesse processo de aprendizado. Pessoas fazem e farão a diferença”, conclui Simone.

Ana Carolina Pereira

Jornalista formada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Ao longo de sua carreira, passou por veículos como TV Globo, Editora Globo, Exame, Veja, Veja Saúde e Superinteressante. Email: ana@futurodasaude.com.br.

About the Author: Ana Carolina Pereira

Jornalista formada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Ao longo de sua carreira, passou por veículos como TV Globo, Editora Globo, Exame, Veja, Veja Saúde e Superinteressante. Email: ana@futurodasaude.com.br.

Leave A Comment

Recebar nossa Newsletter

NATALIA CUMINALE

Sou apaixonada por saúde e por todo o universo que cerca esse tema -- as histórias de pacientes, as descobertas científicas, os desafios para que o acesso à saúde seja possível e sustentável. Ao longo da minha carreira, me especializei em transformar a informação científica em algo acessível para todos. Busco tendências todos os dias -- em cursos internacionais, conversas com especialistas e na vida cotidiana. No Futuro da Saúde, trazemos essas análises e informações aqui no site, na newsletter, com uma curadoria semanal, no podcast, nas nossas redes sociais e com conteúdos no YouTube.

Artigos Relacionados

  • Isabelle Manzini

    Graduada em jornalismo pela Faculdade Paulus de Tecnologia e Comunicação. Atuou como jornalista na Band, RedeTV!, Portal Drauzio Varella e faz parte do time do Futuro da Saúde desde julho de 2023.

  • Fabricio Campolina

    Fabricio Campolina é referência no setor quando o assunto é tecnologia, inovação e transformação digital e, atualmente, é presidente da Johnson & Johnson MedTech Brasil. Graduado em ciência da computação pela UFMG, possui ainda especialização em gestão de negócios pelo Ibmec e MBA em administração de negócios pela Duke University, onde se graduou entre os top 10% de sua classe. Foi também presidente do conselho da ABIMED, onde liderou o processo de reposicionamento estratégico da associação, e é membro-fundador do Instituto Coalização Saúde.

  • Redação

    Equipe de jornalistas da redação do Futuro da Saúde.

Ana Carolina Pereira

Jornalista formada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Ao longo de sua carreira, passou por veículos como TV Globo, Editora Globo, Exame, Veja, Veja Saúde e Superinteressante. Email: ana@futurodasaude.com.br.