Os próximos passos sobre o coronavírus

As últimas recomendações do Ministério da Saúde sobre o novo coronavírus

88

Idosos e doentes crônicos devem evitar sair de casa para locais onde há aglomeração de pessoas, como idas ao cinema, shoppings e viagens. Nos negócios: reuniões devem ser realizadas virtualmente, viagens não essenciais devem ser canceladas e, quando possível, fazer home office. São alguns dos passos recomendados pelo Ministério da Saúde.

Atenção viajantes: quem chegar ao Brasil de uma viagem internacional deve ficar em isolamento domiciliar por 7 dias, mesmo sem sintomas de covid-19. Pessoas com sintomas devem ficar em isolamento domiciliar ou hospitalar por até 14 dias.

As máscaras são indicadas para pessoas que estão doentes, têm contato domiciliar com doentes e para profissionais de saúde. A forma de cumprimentar o outro deve mudar, evitando abraços, apertos de mãos e beijos no rosto.

No caso de idosos, doentes crônicos e pessoas com outras condições especiais, como tratamento de câncer, transplantados, doentes renais, a recomendação é conversar com o médico para que as receitas de medicamentos sejam renovadas e, se possível, dadas por um tempo maior.

Se a situação piorar: comprar suprimentos para abastecer a despensa caso a pessoa fique doente ou cuidando de alguém da família. Com isso não haverá necessidade de sair de casa até a pronta recuperação. Isso deve ser feito de “maneira racional, evitando compra exagerada e desnecessária”, segundo o ministério. Além disso, é sempre bom reforçar a necessidade de lavar as mãos corretamente e praticar a etiqueta respiratória ao tossir ou espirrar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui