As regras básicas para a reabertura dos estabelecimentos

Para os locais que estão autorizados a reabrir, é preciso seguir uma série de cuidados para evitar a disseminação do coronavírus

381

A flexibilização da quarentena está acontecendo por etapas nas cidades, de acordo com métricas que observam número de casos e a ocupação de leitos, entre outros parâmetros. Mas, mesmo para os locais que estão autorizados a reabrir, é preciso seguir uma série de cuidados para minimizar ou evitar a disseminação do coronavírus. A pedido do Futuro da Saúde, o cardiologista Sérgio Timerman elencou regras básicas para a reabertura dos estabelecimentos. Timerman é coordenador do projeto “Chancela InCor”, uma solução corporativa para ajudar as empresas na retomada pós-pandemia.

Eis as principais:

Para qualquer estabelecimento:   

• Higienização das mãos: disponibilizar álcool gel na entrada dos estabelecimentos (lobby, balcão, mesas). Lembrando de identificar, datar e lavar os dispensers para reenvase. Disponibilizar sabão e papéis  descartáveis nos banheiros, aumentando a frequência de limpeza nestes ambientes.  

• Uso de máscaras: disponibilizar uso de máscara para os funcionários, atentando para as quantidades de trocas (a cada 3 horas – máscaras de pano e a cada 6 horas – máscaras cirúrgicas). Obrigar que os clientes usem máscaras, durante todo o período no estabelecimento.  

• Descarte: as máscaras devem ser descartadas em lixeiras com pedal e tampa – e descartadas com o lixo do banheiro.  

• Atendimento ao público: disponibilizar face Shields para os funcionários que entram em contato com o cliente (garçons, por exemplo)

Higiene de objetos: cadeiras, mesas, pisos, adornos devem ser higienizados. Se não puder ser higienizado (por questão de material), deve ser substituído ou encapado.  

 Para os teatros:  

• Promover distanciamento entre as poltronas  

• Criar fluxo para evitar aglomeração em bilheterias  

• Camarins individuais, bem como figurino  

• Maquiagem e cabelo realizados pelos próprios artistas  

• Reduzir a aproximação no palco  

Para restaurantes:

• Trocar as embalagens secundárias e terciárias do fornecedor antes de armazenar os produtos  

• Alimentos e embalagens devem ser higienizados antes de armazenados;  

• Ter uma área exclusiva de recebimento de mercadorias;  

• Higienizar equipamentos com maior frequência: máquinas de café, chopeira, botões de equipamentos.  

• Certificar-se de preventivas adequadas em ar condicionados. Se possível, manter janelas abertas  

•  Alterar  modelo de cardápio (higienizável, on line…)  

• Pratos, copos, guardanapos devem ser oferecidos quando o cliente estiver na mesa e com proteção  

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui